.

QUAL SOFTWARE/PROGRAMA UTILIZAR PARA MAPA MENTAL

Se você chegou até aqui, é provável que você queria saber qual é a melhor forma de fazer um mapa mental… Manual ou com um programa? E qual software utilizar para crias seus mapas mentas…

 

Temos duas grandes opções para fazer mapas mentais!

Uma, você pode fazer todos os seus mapas mentais à mão…Criar eles à mão é realmente um ato poderoso para nosso cérebro. Há pessoas que aprendem mais facilmente quando escrevem coisas que estão pensando, isto quer dizer que elas são fortemente tendenciadas pelo seu lado sinestésico.

Em um mapa mental feito à mão, você tem a liberdade de desenhar as imagens, usar suas ideias e cores. Normalmente você vai usar esse mapa somente para seus objetivos, você não vai compartilhá-lo, porque nem sempre a compreensão dele é fácil.

Um dos problemas relacionados a trabalhos feitos a mão é que são um pouco mais difíceis para atualizar quando comparados à mapas mentais feitos digitalmente. Por esse motivo, eu recomendo a criação à mão somente após entender 100% do conceito e aplicação em sua vida, aí sim, você pode dar um próximo passo.

Isso porque cria-los à mão não é tão prático e pode acabar criando empecilhos para que você não use essa técnica, dificultando seu aprendizado.

A segunda opção é usar o meio digital, assim você pode utilizar uma ferramenta que pode agilizar esse processo! Há vários tipos de softwares para criação de mapa mental que podem ser usados e também instalados em seu computador, outros que podem ser acessados tanto no smartphone ou tablet e os que você pode acessar online.

Há muitos gratuitos, porém, também existem opções poderosíssimas pagas.

Esses programas, no geral, permitem a você exportar imagens, sincronizar com outros aparelhos, compartilhar em redes sociais, trabalhar de forma colaborativa, facilitar a inserção de imagens e ícones, facilitar a correção e revisão e muitas outras funcionalidades.

É importante escolhermos aquele programa de computador que mais se aproxima do padrão de desenvolvimento de cada um. Para mim, a grande vantagem de fazer mapas mentais de forma digital é que você pode criar o mapa muito rápido e você não precisa ficar pensando o que você vai fazer em cada ramo, uma vez que você pode corrigir facilmente.

A dica é: ser simples e objetivo. O ambiente de criação do programa não pode se tornar um fator de distração com muitos detalhes que podem tornar a criação dos mapas mais dificultosa.

 

Vale lembrar que você não deve perder muito tempo escolhendo as imagens perfeitas, ou as melhores cores para seu
mapa, porque este pode ser um momento onde a sua produtividade pode ser exterminada.

Existem pessoas que passam tanto tempo ‘aperfeiçoando’ o mapa com a imagem e a cor ideal que perdem o controle sobre o objetivo dele.

Lembre-se que o principal objetivo ao criar um mapa mental é ajudá-lo a conseguir algo.

 

Mas Afinal…Qual é o melhor, Mapa Mental Digital ou Manual?

Tudo depende da situação, abaixo, vou fazer 2 questionamentos que você poderá usar sempre que estiver em dúvida sobre qual usar.

 

Qual o objetivo dele?

Quando você está apenas usando essa técnica para clarear/organizar seus pensamentos sobre algo, você provavelmente só precisará do mapa uma vez e você não precisará reorganizar ele toda vez com novas informações. Desse modo, mapas mentais feitos no papel são bons.

Quando seu objetivo é mapear muita informação, atualizar ele, reorganizar assuntos ou acrescentar novos temas, você definitivamente deverá usar um programa para cria-lo.

 

Quantas pessoas estão envolvidas na construção dele? 

Se você é a única pessoa que vai usar o mapa mental e for uma ideia simples, é possível criar um em papel, desde que você siga a regra acima e não tenha que reorganizar as informações no mapa constantemente.

Se você deseja compartilhar e colaborar com outras pessoas usando mapas mentais, usar a forma digital é a melhor opção. Isso porque os mapas feitos digitalmente são compartilhados facilmente e você pode trabalhar neles mais rápido de que se trabalha com os outros no papel.

Lembre-se de que o principal objetivo de utilizar essa técnica… É ajudá-lo a conseguir algo.

 

Conclusão!
Quando você quiser simplesmente para criar uma visão geral em seu próprio projeto, pensamentos ou estudos, você estará satisfeito criando seu mapa no papel.

Quando você precisar atualizar e editar seu mapa e colaborar com outras pessoas, utilizar um programa é a melhor opção!

 

MINDMUP, Meu Software para Mapa Mental.

MindMup, um serviço gratuito e leve que permite a criação de mapas mentais de maneira simples sem ter que baixar nada,
abrir uma conta, ou fazer qualquer outra coisa.

Seu slogan é “Zero-friction online mind mapping”!

Isso é justamente o que eu mais admiro nele, “zero de atrito” para fazer seus mapas mentais, ele não te limita, suas ferramentas não te influenciam a ficar enrolando.

Ele é focado no que é mais importante, colocar suas ideias no papel e colaboração. Como ele é feito com base na Web, funciona em Windows, Mac OS X e Linux.

Olha abaixo um trabalho feito com ele.

mapa mental passo 5

 

Mindmup é um software para fazer  mapas mentais que utilizo e recomendo, faça Download Aqui.

 

 

Você conhece o criador desse conceito, clique no botão abaixo e leia tudo sobre essa figura fantástica.

 

 

 

 

 

pb 1

SIM, Eu Quero Acesso Imediato!

Quase lá! Por favor entre com seu melhor email e clique no botão abaixo para receber o ebook.

Você se inscreveu com sucesso!

pb 1

SIM, Eu Quero Acesso Imediato!

Quase lá! Por favor entre com seu melhor email e clique no botão abaixo para receber o ebook.

Você se inscreveu com sucesso!